DISQUE DENÚNCIA

92 98435-7108

30.3 C
Manaus
quarta-feira, 05/10/2022

DISQUE DENÚNCIA

- Publicidade -

Parlamentares denunciam compra de próteses penianas pelo Exército

Depois da revelação de compra de Viagra pelo Exército e Marinha, parlamentares informam que vão acionar MPF e TCU por compra de próteses penianas.

Depois da revelação, ontem, de que as Forças Armadas aprovaram pregões para compra de 35 mil comprimidos de Viagra, o deputado Elias Vaz (PSB-GO) e o senador Jorge Kajuru (Podemos-GO) afirmaram hoje que vão acionar o Ministério Público Federal (MPF) e o Tribunal de Contas da União (TCU) a respeito de um gasto de aproximadamente R$ 3,5 milhões em compras de próteses penianas infláveis pelo Exército brasileiro.

- Publicidade -

Ao todo, foram adquiridas 60 próteses, variando de 10 a 25 centímetros, em três pregões diferentes. Todos foram homologados no ano passado, segundo o Portal da Transparência e painel de preços do governo federal. Vaz afirmou:

“O questionamento que fazemos é: por que o governo Bolsonaro está gastando dinheiro público para pagar essas próteses? O povo brasileiro sofre para conseguir medicamentos nas unidades de saúde e um grupo é atendido com próteses caríssimas, de R$ 50 mil a R$ 60 mil a unidade”.


Leia mais:

Forças Armadas compram R$35 mil em comprimidos de Viagra

CPI do MEC perde assinaturas, mas senador diz que seguirá em busca de apoio


A respeito da compra de Viagra, remédio para disfunção erétil, a Marinha e o Exército afirmaram que se destinam a o tratamento de pacientes com hipertensão arterial pulmonar, “doença grave e progressiva que pode levar à morte”. Mas essa doença é rara e, segundo especialistas, há medicamentos mais indicados para o seu tratamento do que o Viagra.

Via UOL.
Deixe seu comentário
- Publicidade -

Acompanhe nossas redes sociais

Ivanildo Pereira
Repórter de política no Fiscaliza News Jornalista formado pela Faculdade Martha Falcão Wyden. Atua na área de comunicação há oito anos. Política, economia e artes são seus maiores interesses. Trabalha diariamente para levar notícias para o leitor no Fiscaliza News.