DISQUE DENÚNCIA

92 98435-7108

30.3 C
Manaus
quarta-feira, 05/10/2022

DISQUE DENÚNCIA

- Publicidade -

Putin diz que guerra é uma “tragédia, mas não havia escolha”

Presidente russo se pronuncia sobre a guerra na Ucrânia, que chega a um momento decisivo na cidade de Mariupol.

Em discurso hoje no Cosmódromo de Vostochny, um centro espacial no leste da Rússia, o presidente Vladimir Putin declarou que “o que está acontecendo na Ucrânia é uma tragédia”, referindo-se à guerra. Mas ele também afirmou que não havia escolha, a seu ver.

- Publicidade -

Putin disse:

“Simplesmente não havia escolha, a única questão era quando começaria. Isso é tudo”.


Leia mais:

Primeiro-ministro inglês visita Ucrânia e promete armas a Zelensky

Completa uma semana desaparecimento de brasileiros que foram se alistar na Ucrânia


O presidente russo ainda afirmou que os objetivos da guerra são “claros e nobres” e manteve que as tropas do seu país vão alcançar todos os seus objetivos na Ucrânia.

Hoje a guerra chega ao seu 48º dia com as atenções voltadas para a destruída cidade portuária de Mariupol. Objetivo militar russo desde o início da guerra, Putin deseja estabelecer uma conexão territorial entre a faixa costeira do Mar de Azov e com as áreas do Donbass, província separatista russa dentro da Ucrânia, e a Criméia, já anexada pela Rússia em 2014.

Ontem, militares ucranianos já indicavam temer a queda de Mariupol. Separatistas pró-russos já noticiaram a ocupação do porto da cidade, embora essa informação ainda não tenha sido confirmada.

Com informações de G1 e UOL.
Deixe seu comentário
- Publicidade -

Acompanhe nossas redes sociais

Ivanildo Pereira
Repórter de política no Fiscaliza News Jornalista formado pela Faculdade Martha Falcão Wyden. Atua na área de comunicação há oito anos. Política, economia e artes são seus maiores interesses. Trabalha diariamente para levar notícias para o leitor no Fiscaliza News.